Friday, February 26, 2010

Entrevista com Hedi Slimane





Um dos fotógrafos mais influentes do mundo da moda, ex estilista da Dior Homme e YSL. Em 2002 ganhou o prêmio de Designer Internacional do Ano, pelo CFDA. Neste mês, destaque na entrevista do Style.com . Confere o que ele fala sobre a tecnologia aliada à moda e clique aqui para conferir na íntegra o papo que rolou com ele.


Style.com: Como você acha que a tecnologia – twitter, blogs, mídias sociais – tem afetado a moda? De uma forma boa ou ruim?

Hedi: Ela afetou tremendamente a moda de várias formas. Desde os comentários sobre moda, design e comunicação até a forma como ela se distribui.
A comunidade de moda na internet é como uma aldeia global, twittando paixões e opiniões. Todos aprendem melhor, e cada um torna a si próprio um crítico.
Essa é uma idéia fascinante, sempre fui a favor do amadorismo sobre o profissionalismo, atração sobre a experiência. Isso obriga a indústria a pensar com uma mente aberta.
É claro que é difícil dizer se alguma autoridade, alguém como Suzy Menkes, uma dia sairá por aí usando as mídias digitais com integridade, um bom amparo e ficar de fora de conflitos de interesses.
Pela perspectiva do design, isso permitiu a jovens designers ou marcas novas ganharem uma audiência instantânea, se usadas com bom senso e inovação.
Não estou bem certo sobre o futuro do varejo como nós o conhecemos. E isso é algo muito importante, talvez a mais importante, uma vez que já poderia dizer que não há nada permanente entre o projeto e um público / consumidor.
Finalmente, o melhor e o pior sempre fizeram parte da moda, com a Internet apenas ampliando isso e criando um caos digital alegre e barulhento.
A questão total é que qualquer nota pode criar música. É só uma questão de gosto.

SIGA-NOS @FASHION_INSIGHTBR