Friday, April 30, 2010

Bloody Gun Hell

Má influência, bissexual, ex-diretora criativa da Hungaro, atriz, cantora e modelo. Lindsay Lohan tem qualidades de sobra pra render ótimos comentários sobre seus trabalhos. O mais atual, uma série de fotografias em que aparece em um cenário sujo de sangue e empunhando uma arma chamou mais atenção.
O que aconteceu é que um rapaz no twitter disse não entender ou achar de bom tom a menina protagonizar as fotos da meneira como foram feitas. LiLo rebateu as críticas do rapaz dizendo que ele não entendia de arte.
Concordo com ela! Ok, antes de me espinafrarem, pesquisem o google os trabalhos de artistas contemporâneos e suas referências antes de me dizerem que o que ela faz não é arte. Instalações criadas com pedaços de cadáveres humanos, um cão tendo sua cabeça cozida por um holofote, animais dissecados e empalhados, vídeos de cirurgias plásticas sendo realizadas com a paciente acordada e sem anestesia, intervenções corporais...todas estas manifestações podem ser consideradas bizarras, mas põem em cheque tudo aquilo que acreditamos, nos fazem reparar nas coisas sujas, velhas e encrustadas nas quais nos baseamos para criar nosso mundinho perfeito.
LiLo foge de tudo isso. Sofre com tudo isso.
Longe de mim defender a menina. Para isso servem seus advogados e RP's.
O que quero dizer é que o trabalho choca, mas não é coisa nova.
Há milhares de artistas espalhados pelo mundo que fazem coisas muito mais bizarras e ninguém nota. É "apenas excentricidade".
Mas pra mocinha nas fotos não. "É a vida dela retratada nas imagens". 
Helloooo!
















Tem making of no ar também:

SIGA-NOS @FASHION_INSIGHTBR