Monday, March 28, 2011

Os seres humanos são desagradáveis, famintos, criaturas gananciosas…



Chamado para criar quatro intervenções para a edição da Dazed & Confused intitulada “Edição do Dinheiro”, o artista eslovaco Jaroslav Kysa (http://www.jaroslavkysa.com/) buscou na irreverência, no poder e na riqueza a inspiração para criar o curta “The Spirit of Ecstasy” que mostra uma intensa relação de amor e prazer de um homem com um Rolls Royce.

Em uma das tomadas de um dos quatro curtas, é possível ver o artista lambendo uma vitrine da Louis Vuitton. Em outra, ele cria uma barreira de pombos em frente à entrada de uma loja em NY colocando alpiste em forma de meia lua no chão.

A Dazed bateu um papo com ele para saber de onde vem as inspirações para os trabalhos e porque o interesse em utilizar pombos em seus trabalhos (uma das formas mais exploradas por ele).



Dazed Digital: O que levou você a trabalhar integralmente com intervenções?

Jaroslav Kysa: Quando terminei meus estudos fui para Praga realizar minha residência e o tema era intervenções. Eu estava em uma cidade nova, então comecei a explorá-la. Durante esse tempo fiz minha primeira intervenção e utilizei pombos pela primeira vez.



DD: Porque a fascinação por pombos?

Jaroslav Kysa: Eu os uso como uma metáfora para as pessoas. Eles são desagradáveis, famintos, criaturas gananciosas…



DD: É assim que você vê as pessoas?

Jaroslav Kysa: Algumas vezes, sim!



DD: Porque o óleo é um tema recorrente em seu trabalho?

Jaroslav Kysa: Eu vejo o óleo como uma forma pela qual as pessoas extraem dinheiro e poder da terra. Para mim tudo começa com o óleo.



DD: Porque você também atua em suas intervenções?

Jaroslav Kysa: É importante para mim estar lá e fazer parte do projeto. Adoro fazer parte de todos os processos e sentir essa adrenalina que rola em cada trabalho.



DD: De onde e como surgem suas idéias para as intervenções?

Jaroslav Kysa: Primeiro eu estudo o histórico de local onde pretendo rodar algo. A partir daí começo a prestar atenção nas minhas reações quanto a esse histórico. É esse desenvolvimento das reações que me inspira. Gosto de explorar lugares novos, não gosto de ficar por muito tempo em um mesmo local porque vou perdendo a criatividade e a inspiração. Busco inspirações em filmes, músicas, na natureza, mas o mais importante é a cidade onde estou. É dela que extraio a maior parte das influências para meu trabalho.


Confira abaixo uma das intervenções de Jaroslav, intitulada “The Spirit of Ecstasy”:





Para assistir a mais intervenções dele, clique aqui  e aqui.

Filmagem e fotografia por Alice Masters.


 
 
Fonte: Dazed Digital
 
 
 
Abração, Doug Oberherr

SIGA-NOS @FASHION_INSIGHTBR