Monday, October 31, 2011

O mundo da moda se rende à David Gandy



Jogo rápido: quando você pensa em editoriais de moda e campanhas publicitárias dos últimos meses, que imagens vêm à sua cabeça? Provavelmente você verá meninos que se parecem com meninas, garotos tatuados e magrelinhos e mulheres em poses estranhas, cinturinha tamanho 36 e saltos altíssimos. 

Pois eis que no meio de todas essas imagens icônicas de nossa geração surge o típico macho-alfa dos anos 80: David Gandy, com seus 31 anos, barba por fazer e um olhar de durão. Entre overdoses de estrogênio em corpos masculinos, David é como uma lembrança do homem das décadas passadas: provedor, protetor, austero e sério. 

Dificilmente você verá o modelão sorrindo. Se ele o faz, é com ares de sedutor barato, debochado ou irônico. Não que isso seja ruim, muito pelo contrário. Marcas que querem investir em imagens sérias, porém com um toque boêmio, veem em David o representante perfeito que fará com que uma nova leva de homens aposte nesse comportamento. 

Não é á toa que o cara foi escalado para a campanha de diversas marcas internacionais (e nacionais, a exemplo da Sérgio K) e vem ganhando cada vez mais espaço em editoriais e trabalhos de fotógrafos independentes. Além de um físico invejável, ele desperta aquela antiga (e quase esquecida) sensação nas mulheres: as pernas bambas. 












Fotos: Homotography


Abração, Doug Oberherr

SIGA-NOS @FASHION_INSIGHTBR