Friday, May 18, 2012

Inverno 2013: o aconchego como elemento de criação



Falando em inverno: qual a primeira palavra que vem à sua cabeça? 

Para o time do Núcleo de Pesquisa da Assintecal, liderado por Walter Rodrigues, esta palavra é o Aconchego. E em cima deste conceito, foram trabalhadas três linhas conceituais, cheias de ótimas referências para o inverno brasileiro de 2013. 

Uma das peculiaridades deste trabalho é a condução dele para a realidade brasileira. Walter e sua equipe tem uma forma de trabalhar estes conceitos aproximando-os da realidade dos criadores brasileiros com uma singularidade muito grande. 

Admiro muito este trabalho e confesso que a vontade de voltar a criar é grande nessas horas! 

Vamos lá: as apresentações do Inspiramais sempre são norteadas por três conceitos, que ilustram porcentagens de inspiração dentro de uma coleção. Isso significa que o processo criativo recebe mais influências de determinados elementos do que de outros, mas isso não impede que o estilista inverta esta pirâmide, de acordo com sua vontade e os desejos de seus consumidores. 



Conceito 01 – 10% da pirâmide 

Como a natureza age nas coisas? Aqui são exploradas as formas como as intempéries modificam as paisagens, as peles (animais e humanas) e tratam da necessidade de sobreposições de camadas de tecido para proteção. Exploram ainda, os volumes, as formas, as reorganizações naturais das estruturas físicas de animais e plantas perante a mudança do clima. 

Preste atenção em: peles de cobra, sulcos, rugas, ranhuras, cogumelos, liquens, cascas, teias de aranha, tramados, rendas, aspectos envelhecidos. 

Confira: os trabalhos de Abigail Brown, Golan Levin, Lee Jefries, Brother Sharp. 





Conceito 02 – 30% da pirâmide 

Saia da natureza e vá para a cidade. Como o tempo muda este cenário? Agregue um caos ao estilo urbano e você terá: dias de chuva, imagens poluídas, cabelo sujo, paredes cinzas, chão molhado e ansiedade. Pele seca e a busca por proteção. Em meio a este caos, a arte urbana parece soprar ventos de alento e alegria. 

Preste atenção: efeitos craquelados, geometrias, manchas, borrões, caleidoscopia, gotas, rasgões, desgastados, arquitetura, grafitti, street art, impermeabilidade e ergonomia. 

Confira: trabalhos de Andrew Schoultz, Neozoon, Os Gêmeos. 






Conceito 03 – 60% da pirâmide 

Aqui a ideia é a de uma aldeia global, onde todas as referências andam juntas e um rapaz pode usar uma bermuda com uma japona. Misture sensações, experimente. Pense na possibilidade de bonecos de neve em Gramado e dromedários nas praias nordestinas. Como estes elementos dialogam? 

Preste atenção em: mix de referências, vitrais, xadrezes e listrados em um mesmo look, flores, texturas, pelagens, cores lavadas e envelhecidas, mix de “azul céu de praia com azul geada”. 

Confira: os trabalhos de Leroy Neiman, Pakayla Biehn e Kathy Klein. 



A ambientação e a criação dos espaços que ilustram as tendências para o inverno do ano que vem ficaram a cargo da SettiCriadores, de Novo Hamburgo. Além destes espaços, a agência criou um lounge onde se pode experimentar, literalmente, a aplicação de uma das tendências do conceito 03: os caras criaram uma cuca de castanha com geléia de uva! Qual a sacada? Uniram um elemento tipicamente gaúcho com um elemento tipicamente nordestino. Lembram do mix de referências? Ponto para eles!

Quem quiser saber mais sobre o Inspiramais e o trabalho da Assintecal, clica aqui.

Para quem quiser conhecer mais o trabalho da SettiCriadores, clica aqui.


*fotos: Doug Oberherr




SIGA-NOS @FASHION_INSIGHTBR