In comportamento de consumo news novo consumismo

O 'Novo Consumismo'


As constantes mudanças culturais, sociais e ambientais têm feito surgir uma nova forma de ver o consumo e de lidar com as necessidades básicas ao passo em que as transformam ao passar dos anos. Aos poucos, o "ter para ser" foi sendo substituído pelo "ser e, talvez, ter". O fenômeno é descrito como um "novo consumismo" de acordo com a agência de pesquisas Euromonitor.

Para eles, a necessidade da mudança na forma como as pessoas lidam com o consumo é um reflexo da abertura cultural e do pensamento crítico antes de comprar algo. Dentro desta linha de pesquisa, surgiram dez características que apontam os rumos deste novo consumidor, mais consciente, mais engajado com conceitos como transparência, sustentabilidade e satisfação pessoal.





1- o novo consumidor quer transparência na relação com as marcas. Quer saber como são os processos de criação e desenvolvimento daquilo que ele consome. Ele se torna consciente do seu papel como responsável pela vida de quem trabalha para a empresa e quer que a mesma trate bem seus colaboradores.

2- uma marca deve ter valores autênticos. O novo consumidor consegue diferenciar imediatamente uma empresa comprometida com o que apresenta em seu discurso de outra que apenas tem uma boa equipe de marketing.

3- os processos de criação, desenvolvimento e comercialização de um produto precisam ter raízes sustentáveis. Assim como o consumidor se sente responsável pelo bem estar de quem produz aquilo que ele compra, ele quer que o o meio ambiente também seja preservado através de suas ações.

4- o novo consumidor é multimeios e espera que as marcas possam atender suas necessidades através de diferentes canais. A tecnologia é fator fundamental na relação com as marcas.

5- é de extrema importância que as marcas monitores as necessidades e a vida de seus clientes para entender quais anseios ela pode atender e, desta forma, ajudar seu cliente a alcançar seus objetivos.

6- com diversas formas de comparar marcas, o preço é um fator crucial no processo de decisão de compra. As marcas precisam ter preços justos e competitivos pois o mesmo produto, com a mesma composição e o mesmo processo de desenvolvimento, não deve diferir tanto nas cifras de uma marca para outra.

7- agilidade é outro fator que deve ser melhorado em muitas marcas. Não se fala somente em entregas pela loja virtual, mas da comunicação com o cliente e com a satisfação quase imediata de seus anseios.

8- antes de querer que o cliente desembolse uma quantia em uma loja, a mesma deve proporcionar uma experiência inigualável, atraindo não somente a atenção momentânea dele, mas criando laços fortes através de sensações.

9- as marcas devem oferecer oportunidade do cliente se envolver no processo de criação/desenvolvimento de seus produtos. A customização é uma excelente ferramenta que possibilita essa imersão do consumidor no mundo que produz aquilo que ele quer/deseja comprar. E toda essa imersão deve ter a possibilidade de ser compartilhada, documentada, "televisionada".

10- por mais que as marcas trabalhem para alcançar vários públicos, elas nunca poderão esquecer que o consumidor é um indivíduo. Ele tem necessidades específicas e outras gerais, que dizem respeito ao círculo ao qual ele pertence. Além de valorizar o senso de pertencimento, as marcas devem respeitar o senso de individualidade.





Fonte: BOF - Business of Fashion


Related Articles

0 comments:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário. Em breve responderemos e liberaremos ele na postagem. Abraços